25 de fevereiro de 2008

O Quarto Mundo

Quando eu morrer, não irei para o céu nem para o inferno; irei para o Quarto Mundo. Um mundo feito de música, diversão e artes. Um mundo onde nada é proibido, onde a imaginação caminha solta e por ela o tempo se forma.
Quando eu morrer, não irei para o céu; irei para o Quarto Mundo. Um mundo onde artistas são santos, onde o arco-íris tem as cores de Monet, onde os espelhos refletem Frida e as pessoas enxergam Wharol.
Quando eu morrer, não irei para o inferno; irei para o Quarto Mundo. Um mundo onde os pássaros cantam Elis, o vento sopra em New Age e as pedras vibram num trance divino. Um mundo onde não precisamos comer nem beber, não precisamos dormir ou chorar, onde apenas um sorriso faz todo o sentido!

Quando eu morrer, não irei para o céu nem para o inferno; irei para o Quarto Mundo.
Com certeza!

8 comentários:

Zero disse...

Caracaaaa!!!

Eu quero ir pro quarto mundo tbm Ôo
deve ser mor barato!!!
Os espelhos refletem Frida... uhuuulll^^
E as cores de monet, são foda, e as pedrinhas são sinistras meus...
Eu só num ia gostar dos pássaros... Ôo
sinistro um bando de passaro cantando elis...Realiza: "quando eu morrer me enterre na lapinha"...
hehehehehehhehe

Abração, Chau!
Muito bom esse texto!!!

Magazine ÓPe disse...

Legal.

B. disse...

ual.
Adorei seu Blog.
Sério mesmo...O tipo que eu gosto ler.
Continue escrevendo viu....desenvolva seu talendo.
Vc falou tb num post sobre horóscopo..heuheuhe...no meu tb tem um post falando a respeito....
Dá uma passada lá...

www.recantocativo.blogspot.com

Um abraço,
B.

José disse...

Esse seu 'Quarto Mundo' tá parecendo com a Pasárgada que Manuel Bandeira idealizou num poema, muito em parte, embora.:))

Bem que poderíamos ir, após a morte, para um mundo 'personalizado', não? Seria ótimo. Mas vamos ver o que nos aguarda... =p

 

Mageste disse...

Olá!!!

Visito esse blog pela primeira vez e fico assim, chocado com a alta qualidade dele!

Adorei , o texto sobre o quarto mundo! Não só pelo conteúdo, como tb pelo estilo.

Tenha certeza de que voltarei aqui mais vezes.

Grande Abraço

Thaís Toda disse...

Boa tarde, tudo bem?

Estive olhando o seu blog, achei super interessante todos os posts.
Tenho um site (http://www.thaistoda.com.br), nele possuímos um cantinho onde chamamos de "blogando". A idéia lá é: a pessoa escreve sobre qualquer tema, manda para meu e-mail, eu vou analisar o conteúdo, caso esteja tudo de acordo, iremos disponibilizar no site, dando todos os direitos autorais a sua pessoa. A idéia é mais para divulgar o potencial que vocês possuem, para todos os visitantes de nosso site, quando escrevem aqueles posts.
E se for de interesse, também podemos estar conversando sobre uma possível parceria.

Estaremos aguardando uma resposta, caso esteja interessada na proposta.

Atenciosamente,

Thaís Toda
http://www.thaistoda.com.br

Raphaella Clio disse...

Olá Rapaz, Qt tempo, não esqueci de vc.! Só estou mt atarefada durante a semana...
Adorei seu texto!Q imagem 10, muito interessante.
Como não sabemos aonde iremos na verdade, é melhor vivermos da melhor maneira possível; seja na arte, na música, no amor em tudo!
um beijo até a próxima!

ps:Vc conhece o ZERO de onde?

Mageste disse...

Ta enrolado rapaz? Eu entendo bem essa sensação constante de que o relógio conspira contra vc, roubando minutos preciosos. O vidinha adulta tão complexa...!

Mas não deixe de postar ok?! Eu tô de olho aqui, a cata de novos textos (já li quase todos os postado!)Pois é, pelo visto vc ganhou um novo fã, sedento por literatura de boa qualidade!!

Abraços cara!